Início

Cursos

Textos

DVDs

Obras

Produtos

YouTube

Como chegar

Quem somos

Contato

Inocência útil 16

O que é globalização?


Um ótimo exemplo de uso político do conhecimento é o que se defende como globalização. Mesmo reconhecendo vantagens no processo, não podemos deixar de perceber que facilita o acumulo de poder nas mãos de cada vez menos pessoas enquanto todo o resto da sociedade, a grosso modo, empobrece.

Defender a globalização desprezando sua influência na concentração de renda, creio, é característica de inocência útil. Sem dúvidas há propostas e projetos sociais de suma importância defendidos pela globalização, mas, infelizmente, servem de maquiagem a projetos mais ousados de controle social e empobrecimento da sociedade.

O que é a globalização

https://brasilescola.uol.com.br/geografia/globalizacao.htm: A globalização é um processo de integração social, econômica e cultural entre as diferentes regiões do planeta. A globalização é um dos termos mais frequentemente empregados para descrever a atual conjuntura do sistema capitalista e sua consolidação no mundo.

VANTAGENS

A página (https://definicao.net/o-que-e-globalizacao/) enumera seis vantagens e cinco desvantagens as quais pretendo comentar a seguir. Todas as vantagens e desvantagens anotadas foram copiadas deste site, nosso comentário se restringe aos parágrafos iniciados com reflexão.

Interessante seria se você acessasse a página antes das nossas reflexões e fizesse seu próprio juízo.

Vantagem 01. Redução de barreiras. Isto fez com que as empresas multinacionais (dos suprarricos) tivessem um maior acesso aos mercados consumidores e a novas oportunidades de empreendimento e de negócios.

Reflexão. Com a redução das barreiras, entre 50 e 60% das empresas nacionais de cada país europeu foram absorvidas por multinacionais ou entraram em falência nos primeiros 10 anos de UE. Que empresas são estas que tiveram um maior acesso aos mercados consumidores? As de fora, as multinacionais, as que chamo de supraempresas, as que financiam a ONU e as mídias, as que pertencem aos suprarricos.

Vantagem 02. Redução de custos. A redução dos custos médios dos produtos e com uma produção de mercadorias cada vez mais descentralizada, é outra importante vantagem deste processo. Isto fez com que muitos produtos conseguissem chegar até mercados onde antes não era possível.

Reflexão. Muito bom para a população, afinal todos são consumidores e passaram a ter produtos a preços menores. Bom para as multinacionais, aumentaram seu mercado. Só não sei como ficam os trabalhadores que foram demitidos pelas empresas nacionais, aquelas que tinham custos de produção e venda maiores que os da multinacional que a substituiu. Afinal a redução dos custos inclui os salários pagos a menos. Multinacionais, com cada vez menos barreiras, utilizam mão de obra de países africanos e asiáticos, causando demissão de empregados europeus, que normalmente tinham salários bem maiores. Não por serem africanos, asiáticos ou europeus, mas por serem mão de obra mais barata ou cara. Com destaque à China, onde muitos supraempresários norte-americanos e europeus têm investimentos.

Vantagem 03. Avanços tecnológicos. Os avanços tecnológicos permitidos com este processo também são um grande destaque. Eles permitiram que o acesso às informações e a forma como ele é comunicado, tudo sendo feito em pouquíssimos minutos e ao alcance da sua mão. Os países em desenvolvimento talvez foram os que mais se beneficiaram com esta vantagem, já que a tecnologia em geral vem dos países desenvolvidos.

Reflexão. Talvez a vantagem seja do país em desenvolvimento? Tecnologia dos países desenvolvidos (entenda: tecnologia de empresas de tecnologia de países desenvolvidos, cujos donos são empresários superricos) acabaram com as empresas de tecnologia dos países europeus com tecnologia menos desenvolvidas. E as vantagens são do país por ter mais tecnologia externa, menos interna e menos empregos?

No Brasil, antes dos classificados do Google, as pessoas vendiam coisas anunciando em jornais. Eventualmente em outro serviço gráfico. Hoje em dia é pelo Google ou Facebook. Faz parte, facilita, reduz os custos, a evolução é necessária, não pretendo desprezá-la tampouco propor um retorno ao ultrapassado. Mas ao anunciar num destes veículos, e hoje em dia quase todo profissional liberal e pequeno empresário anuncia, parte da verba vai para fora do Brasil. Como nos tempos do Brasil colônia, que parte dos recursos era enviada à metrópole.

Ah sim. Mais uma vez, canibalismo empresarial.

Vantagem 04. Facilidade de investimentos. A globalização também facilitou a realização de investimentos financeiro em diferentes regiões do mundo. Ela permitiu também que fossem utilizados outros instrumentos financeiros não apenas para empresas, mas também pelos governos. Possibilitando até mesmo um sistema bancário global. Esta facilidade também permitiu que um maior volume de dinheiro entrasse em diversos países em desenvolvimento. Portanto, há chances maiores das pessoas serem empregadas e da melhoria das condições econômicas destes países.

Reflexão. Maior endividamento dos governos, mais empréstimos para a população, mais lucros e força financeira para os banqueiros de fora. Só não sei se quem conseguiu o financiamento foram as empresas nacionais ou as de fora. No Brasil tivemos a JBS, que é nacional, adquirindo centenas de abatedouros nacionais. E depois dizem que não sabem porque a depressão, a ansiedade e outros males psicológicos aumentaram. E porque o número de ricos vem diminuindo.

Vantagem 05. Incentivo à criatividade. A globalização levou muita inovação e novas ideias para lugares que antes elas não existiam. Isto fez com que os empreendedores e empresas precisem ser cada vez mais criativos para conseguir o melhor produto e conquistar o mercado.

Reflexão 01. Sem globalização há locais no mundo sem criatividade? É isso mesmo? Ou estariam maquiando o termo competitividade desleal com a palavra criatividade?

Reflexão 02. Não soube discernir se é hipocrisia ou cinismo. Arrasaram com os empresários nacionais. Em 18 anos de constituída a União Europeia, tinham encerrado com 50 a 60% das empresas nacionais ao tempo da criação do grupo, em 1992. As pessoas devem se vangloriar porque o canibalismo empresarial facilitado pela globalização exige criatividade para a sobrevivência dos primitivos do lugar, é isso?

Vantagem 06. Conhecimento de novas culturas. Já que o contato com outras culturas foi facilitado, muito graças à internet, ficou mais simples saber como são os hábitos e costumes de outras culturas. E, à medida que as pessoas tomam conhecimento dessas culturas, elas vão sendo enriquecidas e melhor compreendidas.

Reflexão. Empobrecimento da própria cultura, padronização de comportamento, produtos de outras culturas depreciando os da sua. E ainda não sei por que a internet, os livros e bibliotecas precisaram da globalização para dar suporte a esta vantagem: para que pessoas conheçam outras culturas. Para conhecê-las não tínhamos os livros, o conteúdo de Ciências Naturais na escola e depois a própria internet? Em que a globalização se faz necessária, se não para aumentar o poder dos mais poderosos?

 

DESVANTAGENS

Desvantagem 01. Benefícios aos países desenvolvidos. Os países ditos desenvolvidos são os que investem dinheiro nos países em desenvolvimento. Essa relação originaria uma grande dependência e até mesmo subordinação de um dos países envolvidos na negociação. Além disso, muito do que se é consumido em termos de tecnologia pelos países em desenvolvimento, são fornecidos pelos países em desenvolvidos. Aumentando ainda mais a dependência entre as nações. Penso que os muitos portos atualmente administrados pela China sejam um bom exemplo de subordinação.

Reflexão 01. Entenda suprarricos e não países desenvolvidos.

Reflexão 02. E não é uma desvantagem, creio que seja o objetivo da empreitada.

Desvantagem 02. Concorrência desleal. Como as empresas multinacionais conseguem produzir produtos em maior escala, o resultado são valores menores. Isso resulta em uma concorrência desleal com as empresas locais, que não conseguem diminuir os valores dos produtos sem comprometer o negócio.

Reflexão. De novo: está falando da canibalismo e não é desvantagem, é um dos objetivos da globalização.

Desvantagem 03. Poluição ambiental. Como houve um aumento significativo no tráfego de pessoas entre os diversos países um dos resultados foi a poluição ambiental. A emissão de gases poluentes, dejetos em rios, lagos e mares, e descarte de materiais de forma inadequada tem prejudicado o meio ambiente. O impacto ambiental também ocorre quando árvores são derrubadas para que haja a construção de indústrias. E também devido à exploração dos recursos minerais e florestais locais.

Reflexão. Toda a poluição decorre do aumento populacional. Criação de indústrias, mais movimento das pessoas, mais dejetos e poluição, mais consumo de água e outras riquezas. Houvesse ou não a globalização, é o aumento populacional que facilita o desmatamento. Por exemplo, há relação direta entre queimadas na floresta amazônica e o consumo de carne de boi pelos chineses. Em havendo demanda, há financiamento de novos pastos.

Empresas (entenda ricos) desmatam, extraem e exploram recursos para o consumo. Enquanto houver aumento populacional estas coisas vão acontecer, mesmo que, com protocolos sustentáveis, os índices não subam tanto e possam até cair por um tempo.

Esta desvantagem parece transferir a culpa da poluição às pessoas em si. Procede?

Desvantagem 04. Favorecimento de crises. Com a globalização, toda a economia global está interconectada. Quando uma das nações apresenta instabilidade econômica, as nações que estão diretamente ligadas a ela poderão sentir de maneira mais drástica esta instabilidade. Alguns especialistas atribuem à globalização a crise econômica, em 2008, que teve início nos Estados Unidos. Com todas as relações existentes entre os países, ela acabou afetando a Europa rapidamente.

Reflexão. Crises econômicas não são acidentais. Cumprem a finalidade de eliminar concorrentes menores, enfraquecer governos e países, centralizar renda e poder nas mãos dos mesmos. Classe alta do país sofre e diminui, mas há beneficiados: os banqueiros e as multinacionais, como sempre. A pandemia do corona-vírus, por exemplo, prejudicou e continua prejudicando várias empresas nacionais. Mas grandes indústrias como a farmacêutica, supermercados, de petróleo e gás, banqueiros e todos os considerados supraempresários tiveram aumento substancial de valores. Derrocada de empresas nacionais e redução de ricos são objetivos, não acidentes, assim como as crises.

Desvantagem 05. Perda de identidade dos povos. A globalização aumentou muito o trânsito de pessoas pelo mundo. Com isto, pessoas de diferentes culturas passaram a conviver e com o tempo alguns traços de culturas podem se perder.

Reflexão. Desvantagem? Mas não é este um dos motivos da empreitada? Não seria este um objetivo para facilitar a exploração dos recursos naturais e trabalhadores do país? Povo com identidade não admitiria a exploração de suas riquezas por empresas de fora.

A globalização é um processo de integração social, econômica e cultural? Sim, é verdade, mas é mais ainda um processo de dominação global, um mecanismo de autofagia empresarial, supressão de culturas, centralização de poder e renda e empobrecimento social (diminui miseráveis e ricos).

 

Continua em próximas páginas

 


IBTED Cursos, Vídeos, Produtos, Editora e Terapias

Página inicial do grupo de estudos

Site do IBTED

Contato: (21) 99187-3020 (OI + Whatsapp) - [email protected]

Sociais: facebook/ibted   -  facebook/robertohaddad.ibted