Início

Cursos

Textos

DVDs

Obras

Produtos

YouTube

Como chegar

Quem somos

Contato

Inocência útil 19

Os empresários querem empobrecer a população!


Os empresários querem empobrecer a população e os trabalhadores, procuram de todas as formas lhes retirar todos os valores.

Imagine-se empreendedor e responda estas 3 questões:

Em que país você preferiria oferecer seus serviços ou produtos, em um país de ricos ou de pobres? Se você fosse um comerciante, preferiria ter seu negócio em um bairro de ricos ou de pobres? Como prestador de serviços, prefere clientes ricos ou pobres?

como fregueses a população mais pobre ou a mais rica da cidade? Ora, é necessário que seus clientes tenham verba disponível para adquirir seus produtos ou serviços. E povos ricos têm mais verba que populações mais empobrecidas. Consegue perceber o poder da divulgação?

Considere-se um dos cozinheiros que preparam hamburgueres em países como EUA, Brasil, China, Etiópia e Coréia do Sul. Preparam o mesmo produto, no mesmo tempo. Mas recebem valores bem diferentes, desde U$1,00 a U$50,00 por oito horas de trabalho. Ou um dos médicos que trabalham em Cuba, China, França, África do Sul ou Peru e supervisionam a fabricação de vacinas. Recebem entre U$60,00 e US$20.000,00 ao mês. Em qual país você preferiria estar, o que paga menos ou o que paga mais aos seus funcionários?

Os empresários querem empobrecer a população e os trabalhadores é uma falácia do tipo repetição nauseante: quanto mais se repete, mais certo deve ser, mais se confunde com uma verdade, mais pessoas concordam e defendem a afirmação. Já se tornou uma crença mundial, uma das mais puras verdades por repetição. Esta expressão é dita repetidas vezes e há muito tempo. Há tantos textos, peças de teatro (principalmente colegiais), livros e matérias de internet embasadas nessa falácia que muitos acreditam ser verdadeira. Não temos como negar a potência das mídias.

Quase todos os empresários não querem a população pobre. Pobreza não dá lucro, quem dá lucro é o trabalho, como já vimos. Boa parte dos empresários preferem que a população tenha posses para adquirir seus produtos. Empresários que fornecem produtos para assistência social são os únicos que preferem as pessoas pobres – não por acaso são suprarricos, já comentamos sua relação com os governos e políticos. E estes são os servem de exemplo para convencer a quase todos que os empresários são todos nocivos à sociedade?

Quem quer a população pobre?

Há muitos que o querem. Os que visam o poder, não os valores. Tantas pessoas defendem ditaduras porque nelas não perderão o poder que acumularam. Sejam ditaduras de esquerda ou direita, nestas, não havendo ricos, não há quem possa derrubar o governo. Basta ao governo que dê o mínimo para a subsistência do povo, mantenham força de controle (policiais civis e militares, militares, juízes, milícias, civis que dedurem outros e profissionais modelos) e o controle dos meios de comunicação.

São ambiciosos pelo poder que financiam e estimulam a pobreza e as divisões sociais. Não há projeto social de alguma ditadura que não seja num esquema de criar dependência, disputas interclasses sociais, perda de poder em toda a sociedade e controle desta.  

Reveja o caso Varig: https://istoe.com.br/o-pt-faliu-a-varig/.

Ou seja, há interesse em desvalorizar empresas e países, não pelo empobrecimento de seu povo em si, mas para que sejam dominados pelo grupo que chamo de supracapitalista. Contém empresas chinesas, italianas, espanholas, norte-americanas e outras. Contém empresas estatais de países ditatoriais, é claro. Grupo este não coeso, não o mesmo sempre, também se autofagia e recebe novos membros.

 

Os Empresários querem empobrecer a população e os trabalhadores? Certamente falácia e Foggy news.

 

Continua em inocência útil 12

 


IBTED Cursos, Vídeos, Produtos, Editora e Terapias

Página inicial do grupo de estudos

Site do IBTED

Contato: (21) 99187-3020 (OI + Whatsapp) - [email protected]

Sociais: facebook/ibted   -  facebook/robertohaddad.ibted