Início

Cursos

Textos

DVDs

Obras

Produtos

YouTube

Como chegar

Quem somos

Contato

Inocência útil 10

Os ricos enriquecem tirando valores dos pobres


A asserção os ricos enriquecem tirando dos pobres é falácia, desvio de foco, logo, sinal de inocência útil.

Responda às questões:

·        De onde vem o aumento de capital dos ricos?

·        De onde o rico tira valores para aumentar seu patrimônio?

Pesquise e avalie estas possibilidades:

·        Das classes mais pobres?

·        Da exploração de outros povos?

·        Da classe trabalhadora?

·        Das reservas minerais?

·        Da tecnologia?

·        Do aumento da população mundial?

·        Da sustentabilidade?

·        Das taxas e juros bancários?

·        Enfim, quais as fontes de capital?

Penso que você tenha tido dificuldades em encontrar textos explicando como os ricos ficam mais ricos. Então vamos conversar sobre aquelas opções.

1) Não é tirando dos pobres. Os 60% mais pobres da população têm patrimônio zero. Outros 20% seguintes têm patrimônio mínimo, não suportam o sustento nem da sua própria próxima geração. Não daria para aumentar nem 10% do valor dos ricos a cada ano. Alguns dos suprarricos melhoram valores bem maiores que este.

2) Sabemos que a renda mundial vem do trabalho. É dos trabalhadores e empreendedores, geralmente entre vinte e sessenta, concentrada entre trinta e cinquenta anos de idade, que se produzem valores. Independe de serem ricos ou pobres, são esses que prioritariamente financiam o sistema. É do trabalho que vem o lucro, não da pobreza.

E quanto mais barata a mão de obra, menor o lucro. Desde D. Pedro II que o Brasil investe em Educação. A todos os partidos e governantes interessam uma mão de obra técnica. Bem, mas não inteligente. Falaremos disto no módulo do grupo de estudos Escrutinando a Educação.

Reflexão. A quem interessa confundir pobre com trabalhador? Há pobre trabalhador, mas não é por ser pobre que ele é fonte de valores aos mais ricos, é pelo seu trabalho. E os ricos também contribuem com o enriquecimento de outros ricos. Trabalhador rico dá mais lucro que o pobre. Não é à toa que se investe tanto na profissionalização.

Penso ser pertinente observar que a Educação do povo tem lugar de destaque nos projetos sociais, educacionais e políticos. Quanto melhor o nível técnico das pessoas, mais elas rendem. Pessoas analfabetas e sem técnicas rendem menos impostos ao sistema. Todo empresário e todo governo têm interesse nisso, todo partido se gaba de valorizar a Educação. Mas o interesse se reduz à formação, à graduação, aos rendimentos futuros, à tecnificação da população, não à inteligência em si, como vimos em outras fases do nosso grupo de estudos (módulos inteligência e burrice).

Foco: ao colocar a exploração do pobre como a principal fonte de renda dos super-ricos e suprarricos, perdemos o foco. Os pobres têm importância porque, sobrando pessoas qualificadas e sem colocação profissional, os custos de produção são menores. Mas quanto mais técnico e caro o serviço, mais impostos, mais valores, melhor para os super-ricos.

3) Exploração de recursos naturais, tecnologia, sustentabilidade, qualquer trabalho ou serviço, qualquer tipo de exploração e tudo o mais pode ser convertido em valores. Pobreza não é convertido, via de regra, em valores. Dá lucro a alguns grupos, mas a despesa é maior para o governo.

Reflexão. Quais as vantagens da pobreza aos mais ricos? As possíveis respostas são fundamentais para que possamos compreender o jogo de forças. Os empresários e empreendedores precisam que a população em geral tenha renda e valores para pode adquirir bens. Por que a crença que os ricos a quer mais pobre? Quem lucra com a falsa crença que os ricos querem que os pobres se mantenham pobres? Posso antecipar. Crenças como essa facilitam o controle social e a manipulação de todos nas classes sociais. Quem nelas crê se coloca como um inocente útil. É preciso senso crítico para sair de crenças dominantes.

4) Os custos sociais são deixados para o governo e os políticos: são os governos que têm a obrigação com moradia, alimentação, segurança, educação e tantos outros direitos da população. Também são os governos que devem recolher valores da população e lhes garantir estes direitos. Mas o sistema é cruel, os governos estão sendo levados a entrar em falência, cada vez mais precisam rever benefícios, retirar ganhos sociais e trabalhistas. Repare: os governos estão ficando sem recursos no mundo inteiro, estão ficando cada vez mais dependentes de ajuda... dos suprarricos. Isto lhes aumenta o poder. Será por acidente?

Os suprarricos mantêm instituições e financiam o BIRD, da ONU, para diminuir a extrema pobreza. E com sucesso, tanto que a humanidade já é dependente destas instituições. Sem elas, a extrema-pobreza aumentaria horrores. O que não percebemos é que os mesmos são responsáveis pelo empobrecimento de todos os outros e ainda dos governos, utilizando o BIRD para aumentar a concentração de renda e poder.

Hoje, se alguém prejudicar os suprarricos, a ONU ou o BIRD, prejudicará diretamente seus milhões de beneficiados pelo mundo. Como já comentei, a humanidade dependente deles. Apesar de, teoricamente, a responsabilidade ser dos políticos e governos.

5) Canibalismo empresarial. Há uma grande fonte de renda ao núcleo dos mais ricos: os outros ricos. Um rico possui muito mais valor disponível que milhares ou milhões de pobres. Não é à toa que o número de ricos tem diminuído. Este tópico merece mais esclarecimentos, o faremos numa das próximas páginas.

Quanto à questão se os ricos tiram valores dos pobres. Foggy News, desvio de atenção. Empresários e outros ricos exploram pobres, mas não é bem daí que sua fortuna se amplia.

A riqueza vem principalmente da exploração da classe trabalhadora, seja rica ou pobre, e de tudo o mais que tenha valor: solo, reservas minerais, quaisquer extrações, agronegócio, serviços...

Reflexão. A sociedade em geral, dos pobres aos muito ricos, acaba despejando nas costas dos ricos (não apenas dos suprarricos) a culpa pelas obstruções em melhorar a renda de todas classes sociais inferiores. Melhor seria: ao controlar os meios para que todo o resto da sociedade se converta à classe pobre, os suprarricos impedem que os pobres deixem de ser pobres e ainda os ocupa da missão de ajudar na derrubada dos ricos.

 

Continua em inocência útil 11

 


IBTED Cursos, Vídeos, Produtos, Editora e Terapias

Página inicial do grupo de estudos

Site do IBTED

Contato: (21) 99187-3020 (OI + Whatsapp) - [email protected]

Sociais: facebook/ibted   -  facebook/robertohaddad.ibted