Início

Cursos

Textos

DVDs

Obras

Produtos

YouTube

Como chegar

Quem somos

Contato

Textos

Textos, vídeos, produtos, cursos e questões sobre

Terapia Auricular


Sobre a terapia auricular

Vídeo no YouTube sobre os mecanismos de ação em acordo com a Fisiologia. Como a terapia auricular ajuda nos programas da Estética?

Vídeo no YouTube Pontos auriculares que costumamos localizar em local errado.

Vídeo no YouTube Sobre a moxabustão na terapia auricular.

Texto sobre a diversidade de linhas na terapia auricular.

Texto sobre certas dúvidas na terapia auricular.

Texto: Sobre a variedade nos recursos e objetivos na terapia auricular.

 

Cursos:

Curso Terapia Auricular Atualizada. Clique e verifique as novidades e atualizações do nosso curso.

Curso EAD: Moxabustão na Terapia Auricular.

 

Produtos

·        DVD disponível: Como localizar pontos auriculares.

·        Obra: Escolha a sua Terapia Auricular.

·        Cartografia e banner: Terapia auricular.

·        Ponto cristal auricular.

Para adquirir informe-se pelo e-mail ou pelo whatsapp.

 

Questões – exercite-se!

As questões abaixo são assuntos do curso e servem para você avaliar seu conhecimento: posicione-se perante cada uma delas.

Se quiser conversar sobre uma delas ou receber novas questões envie mensagem para [email protected] ou entre para um grupo Whatsapp de terapeutas. Há grupo em que você é apenas informado de novas questões e datas (ninguém posta nada, só o administrador) e grupo em que você pode participar do assunto (mas não pode postar nada além do assunto em questão, para não dissipar a atenção do grupo).

·        Há vários recursos na terapia auricular como 1) Sementes de mostarda ou similar; 2) Ponto cristal (pequenas esferas de vidro); 3) Pontos prata ou ouro (metal pigmentado); 4) Moxabustão (em pontos ou em região); 5) Magnetoterapia (com ponto ou aparelho); 6) Massagem (em pontos ou conforme diagramas); 7) Estimulação com apalpador; 8) Agulhas auriculares semipermanentes (ficam apenas um dia ou até uma semana); 9) Acupuntura tradicional com pequenas agulhas (10 a 15 mm de comprimento); 10) Sangria (em pontos, apenas uma ou duas gotas); 11) Cauterização (em pontos); 12) Eletroestimulação com duas ou sete frequências (em pontos ou áreas, respectivamente); 13) Lazer (em pontos). O recurso mais utilizado ainda é as sementes de mostarda ou similar. Qual o mais eficaz a cada quadro patológico? Quais os recursos exclusivos de profissionais da Saúde? Quais as combinações que otimizam os resultados? Comente aqui.

·        Pesquise cartografia auricular na internet. Pesquise homúnculo auricular de Nogier na internet. Há cartografias com diferenças substanciais. Qual a que melhor vincula pontos auriculares com as vísceras? Qual a cartografia mais antiga, e qual a sua suposta data de criação (informe o documento)?

·        Os terapeutas auriculares têm embasamento e objetivos diferentes. Alguns em acordo com a Fisiologia Chinesa, outros seguem outras teorias energéticas e há os que se embasam em Fisiologia (promover reações parassimpáticas, estimular reações hipotalâmicas e/ou provocar reações de defesa na qualidade do sangue ou histamínicas). E você, em qual quer se aprofundar?

·        Boa parte dos terapeutas visam tonificar os pontos auriculares e, por isto, só utilizam um recurso: semente, ponto cristal ou acupuntura, por  exemplo. Outros se preocupam em estimular e sedar separadamente e, por isto, utilizam dois recursos: utilizam pontos prateados e dourados, sementes claras ou escuras, agulhas auriculares superficiais ou profundas ou rodam as agulhas de acupuntura no sentido horário ou anti-horário). Há quem prefira deprimir os pontos, cauterizando-os, como certa linha francesa. O que, de fato, é mais eficaz?

·        Há várias maneiras de se localizar pontos auriculares. Empiricamente (observação direta), pela nocicepção (sensibilidade a dor), pela alteração no pulso, em acordo com a corrente (há aparelhos localizadores) e outro. Qual o método mais eficiente?

·        Há ainda seis métodos para selecionar os pontos: pela nocicepção, conforme protocolos, pelo aparelho, pelo pulso, pelo método associativo e pelo grupal. Que método você usa ou pretende utilizar?

·        Que orelha iniciamos o tratamento?

·        Qual o número máximo e mínimo de pontos a utilizar numa seção?

·        Devemos ou não utilizar pontos nas duas orelhas na mesma seção?

·        Pesquise cartografia auricular no Google. Há várias, todas supostamente chinesas, algumas francesas e até japonesas. Qual a mais antiga e a data aproximada de sua confecção? Qual a mais utilizada na atualidade? Qual a que as pesquisas mostram ser a mais eficaz?

·        A terapia auricular conta com pelo menos seis linhas diferentes. Estas linhas costumam apresentar abordagens teóricas energéticas diferentes, não necessariamente em acordo com a MTC - Medicina Tradicional Chinesa. Qual a mais eficaz?

·        Há linhas que fazem a aderência de apenas um recurso seja sementes, agulhas auriculares ou pontos cristais, sempre no intuito de estimular os pontos reflexos. Assim como há as que utilizam dois protocolos diferentes, um para sedar e outro para tonificar os pontos. Como utilizar sementes claras e escuras, pontos prateados e dourados, pontos na frente da orelha para estimular e no dorso, para sedar ou rodar as agulhas num sentido para sedar e no outro para estimular. Devemos utilizar um recurso para tonificar ou dois recursos, um para sedar e outro para estimular?

·        Apesar de a adesão de pontos ser o recurso mais utilizado, o uso de aparelhos estimuladores, massagens e/ou moxabustão auricular consegue resultados complementares e, por vezes, mais eficazes. Então por que estes últimos recursos são praticamente desprezados (poucos terapeutas os utilizam)?

·        Dizem que a terapia auricular é de origem chinesa, com referência no Su Wen. Pesquise na internet ou adquira esta obra antiga, não servem as edições após 1970. Amplie para livro do imperador amarelo, serão mais opções. Aplique o tradutor Google. Pois é, além de não terem uma única cartografia ou desenho, não possuem as palavras aurículo, auricular e orelha. E só possuem a palavra acupuntura nas notas e outras observações posteriores, não no corpo da obra. Pesquise cartografia de terapia auricular anterior a 1950. Aparentemente a primeira cartografia encontrada data de 1958 e consiste no homúnculo auricular do dr Paul Nogier. Além das inclusões afirmando que a terapia é milenar e é chinesa, onde encontramos uma referência fidedigna?

·        Pode fazer o mesmo para reflexologia podal, provavelmente a primeira reflexologia a ser desenvolvida. Afirmam que é chinesa, com aproximadamente cinco mil anos, mas não se apresentam cartografias antigas. Há uma gravura egípcia coletada na tumba de um sacerdote (Egito não é condado da China...) com 4500 anos que mostra massagem nos pés, não uma cartografia relacionando regiões do pé com vísceras ou regiões do corpo. Massagem, sabemos, em acordo com a Fisiologia, que é um recurso terapêutico múltiplo, bem mais amplo que a reflexologia. Mas, onde encontramos uma referência antiga às reflexologias além dos comentários nas obras do século XX?

Quer aproveitar as diferenças entre as diversas linhas de terapia auricular? Vem participar de uma turma conosco. http://www.ibted.org.br/Html/Cursos/auriculo.html.

 


Site do IBTED. Sobre cursos, textos, vídeos, produtos e outras informações.

Contato: [email protected].

Para receber textos e vídeos sobre terapias alternativas: envie seu e-mail para [email protected].

IBTED Cursos, Vídeos, Produtos, Editora e Terapias

Contato: (21) 99187-3020 (OI + Whatsapp) - 98250-0538 (TIM) - [email protected] 

Sociais: facebook/ibted   -  facebook/robertohaddad.ibted