Porque você deve ser interessar pela depressão


Sobre a depressão

A ONU já reconheceu a depressão como o mal do século.

Otimistas estimam que pelo menos uma a cada cinco pessoas sofrerá deste mal. Pessimistas, quatro em cada cinco de nós. E que todos nós conviveremos com algumas pessoas deprimidas.

Como agravante, este mal vem aumentando sua incidência e duração, principalmente entre os mais jovens.

Há várias questões importantes: confusão com os conceitos, com o diagnóstico, com a seleção do melhor recurso e com a definição de seus tratamentos.

Confusão

Boa parte dos quadros depressivos aparentam ser originários do campo psicológico. Fracassos, perdas, desgosto, culpa, sonhos não realizáveis, solidão, medo, coisas assim. Outra parte, do estresse ou do esgotamento físico ou mental. As condições sociais ou econômicas também facilitam o quadro. Até alguma falha nutricional ou deficiência orgânica de produção ou absorção de algum hormônio ou nutriente também podem ser o motivo da depressão. São quadros que requerem terapêuticas bem distintas, mas ter apenas um nome para todos eles gera confusão e atrapalha tanto a compreensão do caso quanto a seleção do melhor tratamento.

Senão por nós mesmos, pelo menos pelos que nos cercam, acredito, deveríamos nos atentar com o assunto.

De minha parte, relacionei as principais questões que já afloraram na minha clínica e as disponibilizo.

Bem sei que cada quadro é um quadro, que cada uma das dicas poder ser inócua ou até imprópria em algumas situações. Por isto e porque algumas são canceladas em mídias sociais, várias das reflexões estão sem seus links: aguardamos suas observações para enviá-las, é só pedir.

Mas tenho certeza de que a eficácia das terapêuticas está diretamente relacionada à nossa capacidade (dos terapeutas e pacientes) em levantarmos as questões envolvidas. Se for do seu interesse, entre em contato.

Para continuar, acesse o texto depressão 02 de um PC. Nosso site está em html, não é bom para leitura em portáteis. Ou peça pelo WhatsApp.

Você também conferir se esses textos já estão em vídeos no Youtbe.

 

Retornar à página inicial.