Início

Cursos

Textos

DVDs

Obras

Produtos

YouTube

Como chegar

Quem somos

Contato

Textos

Shiatsu – Arte ou Técnica?


Inúmeras técnicas terapêuticas se apresentam sob esse título, o que vem causando certa confusão. Pouca coisa tem em comum: 1) concordam que SHI quer dizer dedo e ATSU, pressão; 2) defendem que SHIATSU é uma técnica terapêutica de manipulação do corpo com as mãos e dedos; 3) utilizam os mesmos meridianos de energia da acupuntura e do DO-IN; 4) todas se importam com a questão do diagnose. E só. Mesmo as teorias de base dessas terapêuticas, em especial a teoria de Cinco Elementos, poderão ter abordagens e desenvolvimento tão diferentes que parecerão teorias diferentes.

O Dr. Sohaku, brasileiro formado em medicina oriental no Japão e principal divulgador da acupuntura e shiatsu no Brasil, afirma que a formação academicaprofissional requer conhecimentos profundos de anatomia, fisiologia, cinesiologia, semiologia etc., e perfeito domínio de suas técnicas. Dessa forma, o shiatsu visa a estimulação ou sedação dos meridianos, pontos e áreas sensíveis do corpo, que podem corrigir disfunções orgânicas e combater sintomas, em busca da homeostase energética1.

Jorge Santos, o primeiro nome entre os massagistas no RJ, iniciador do shiatsu no SENAC nesse estado, exigirá que se aplique o Shigueki-gakun (compressão lenta - descompressão rápida) para que a manipulação seja reconhecida como shiatsu, algo que a maioria não prioriza ou sequer executa.

No Zen Shiatsu, em vez de pressionar pontos do meridiano utilizando os dedos, trabalha-se os meridianos como um todo, utilizando alongamento de músculos e/ou deslizamento sobre os meridianos fazendo uso das palmas das mãos. O Shiatsu dos Pés Descalços utiliza, concomitantemente, movimentos cinestésicos e massagens, até com os pés.

O professor Yasusumi Suzuki, ministrante de shiatsu no SENAC de Porto Alegre, que divulga um tipo de shiatsu desenvolvido e mantido pela sua família (japonesa), integra, num trabalho muito interessante, a manipulação dos meridianos com a da musculatura. Em quase todas as linhas, a quiroprática (osteopatia ou manipulações dos ossos e articulações que provocam os famosos estalos) pode ser encontrada.

Suzuki Yamamoto, divulgadora do Shiatsu dos Pés Descalços que chegou nesta arte após perder uma das vistas, prioriza exercícios fisiológicos, respiração, meditação, a alimentação sadia e afirmará que a postura única do shiatsu é relembrar às pessoas a fonte de sua desarmonia. É relativamente fácil eliminar os sintomas da doença, como dores e angústias. No entanto, este não é o propósito do verdadeiro shiatsu. O objetivo do shiatsu é construir o homem integral. Ou seja, o propósito do shiatsu é restabelecer a harmonia entre o homem e Universo2.

ft sh 002.jpg

shcad001.JPG

Para Mário Jahara-Pradipto, divulgador do Zen Shiatsu e do TAO Shiatsu, o shiatsu é um método de tratamento independente de sintomas. Também age sobre dores e sintomas, mas é essencialmente uma terapia preventiva3. Para ele, o grande potencial do shiatsu está em tornar o paciente consciente de seu próprio corpo. Sendo que o corpo armazena emoções, sentimentos, reflete nosso estado mental e inscreve um pouco de nosso passado4.

Tokujiro Namikoshi, criador da terapia shiatsu Namikoshi, iniciou a arte cuidando da própria mãe. É uma das linhas que não utiliza os meridianos chineses. Visto que ele havia feito pressão sobre ambos os lados da região média da coluna, sem saber, ele estava estimulando o corpo suprarrenal a secretar cortisona, que alivia dores em geral. Em última análise, ele realizou uma cura completa; e este processo de experimentação empírica ensinou a ele os poderes tenazes de autocura estabelecidos no interior do organismo humano. Ele era capaz de estimular estes poderes trazendo-os a atividade, e este foi o nascimento de seu sistema de shiatsu5.

O principal mecanismo de ação do shiatsu, em acordo com a Fisiologia, são as reações parassimpáticas e, consequentemente, sua eficácia será maior nos quadros álgicos, problemas de coluna e, especialmente, no combate ao estresse. Mas é raro encontrar uma obra alternativa preocupada com esse monstro: a Fisiologia. Parece ser bem menos importante aos profissionais da Saúde que andam por estas trilhas que a Fisiologia chinesa (ou energética).

Técnica, filosofia, autoconhecimento, poderes internos de cura ou arte?

Percebemos que, pelo menos no Brasil, cresce mais o uso técnico da arte – com fins antiestressantes, que dá ao shiatsu a categoria de massagem shiatsu.

O shiatsu-arte, como era visto pelo mestre Santos, não acabou. É muito utilizado em todo o oriente, especialmente na zona rural, tendo, também, se espalhado por todo o mundo. Na Índia, por exemplo, que convive bem com a multiplicidade de princípios religiosos. Existem tantas formas de shiatsu que lá este nome pode ser considerado sinônimo de massagem, já que, lá, todas as massoterapias utilizam os meridianos.

É interessante ainda comentar a origem do nome Pés Descalços. Algumas linhas são chamadas de Shiatsu dos Pés Descalços e, apesar de utilizarem os pés em algumas manobras, não foi devido a esse fato que receberam o título. Como esses praticantes costumam ser mais humildes seus objetivos mais simples, costumam até mesmo andar descalços. Como os descamisados aqui no Brasil.

Sabemos que a palavra shiatsu é de origem japonesa, mas o título Shiatsu Clássico é dado à linha chinesa que, por ter separado o shiatsu de outras terapias naturais e incorporado conceitos ocidentais, se presta melhor ao ensino e à adaptação ao sistema de saúde ocidental, seguindo a acupuntura.

Concluindo, na questão se no shiatsu domina a técnica ou a arte, a resposta dependerá dos interesses e das crenças daquele que o pratica.

Sobre o curso Shiatsu Completo.

Texto: Como funciona o Shiatsu.


Texto Como encontrar o assunto do seu interesse - texto, curso, doação, passeio etc.

Site do IBTED. Sobre cursos, textos, vídeos, produtos e outras informações.

Contato: contato.ibted@gmail.com.

Para receber textos sobre terapias alternativas: curta IBTED Terapias no facebook (facebook/ibted).

Para receber textos sobre Fisiologia curta Roberto Haddad no facebook (facebook/robertohaddad.ibted).

Peça para ser amigo de Roberto Haddad no facebook (facebook/carlosroberto.serraohaddad).

 

IBTED Cursos, Produtos, Editora e Terapias

Contato: (21) 4126-5770 (TIM fixo) - (21) 99187-3020 (OI + Whatsapp) - 98250-0538 (TIM)

contato.ibted@gmail.com  -  facebook/ibted   -  facebook/robertohaddad.ibted