Início

Cursos

Textos

DVDs

Obras

Produtos

YouTube

Como chegar

Quem somos

Contato

 

Textos

Do-in e outras Terapias Pontuais

 


 

Sobre os mecanismos de ação nas terapias pontuais

Vimos aparecer terapias que utilizam protocolos em pontos: perfurando-os, comprimindo-os, aquecendo-os ou apenas aderindo algum protocolo como uma pastilha, um ímã ou até mesmo um pedacinho de esparadrapo. Apesar do descrédito de muitos, essas terapias não apenas estão ganhando espaço, como se diversificando: DO-IN, pontos quartzo, tender points, pontos gatilho (trigger points), pontos marmas, acupuntura, células de esparadrapo, shiatsu e pontos de alarme.

Há quem confunda estas técnicas. Decididamente, DO-IN (shiatsu e acupuntura em conjunto), trigger points, rolfing points, tender points, pontos marma, chakras e pontos dermátomos são técnicas diferentes, com origens diferentes e com objetivos diferentes. Por isto um dos destaques do curso Recursos Pontuais é identificar as diferentes propostas, histórias e finalidades.

DO-IN é uma técnica de automassagem aplicada em tsubôs (pontos de acupuntura). Significa Caminho de Casa (o conhecimento do nosso próprio corpo).

Alguns defensores afirmam que DO-IN é sempre autoaplicável e, se for em outra pessoa, é shiatsu (pressão com o dedo). Eu prefiro chamar de shiatsu a manipulação de parte do meridiano e não apenas um ou poucos pontos sortidos, como mestre Santos.

Durante milênios acreditou-se que o mecanismo de cura fosse puramente energético. No entanto, com a difusão da Medicina Tradicional Chinesa no ocidente, muitos pesquisadores começaram a questionar sobre a participação de estruturas orgânicas nesse mecanismo. Como resultado, apresentam propostas para compreendermos esses mecanismos.

Este é outro dos diferenciais do nosso curso: entender os mecanismos de ação por trás das técnicas pontuais (já que utilizam mecanismos diferentes e podem ter objetivos diferentes). Devemos compreender como cada uma das técnicas alcança redução de dor, equilibração visceral e hormonal, a sensação de bem estar e, consequentemente, promove a qualidade de vida de seus defensores e atendidos.

Boa parte dos mecanismos de ação do DO-IN são comuns com a acupuntura

 


 

Imagem%20017

fotos 012b

Reações parassimpáticas

Toques consistentes, como o apalpamento profundo, estimulam os nociceptores (neurônios que sentem dor) que, por sua fez, promovem reações no SNA (sistema nervoso autônomo); este sistema é dividido em dois outros, complementares e antagônicos entre si: o simpático e o parassimpático. O simpático é responsável pelas reações de defesa a situações de perigo, só se manterá acionado se houver situação de ameaça (o que não é o caso nas terapias) e suas reações, se contínuas, levam ao estresse; o parassimpático basicamente neutraliza as reações do simpático e promove a produção de neurotransmissores que, entre outras funções, reduzem a dor devido principalmente a dois neurotransmissores (endorfinas e dopaminas). Dessa forma toques que estimulam a dor são muito úteis na redução da dor, no combate ao estresse e nos problemas artromusculares já que a redução da dor atua diretamente no mecanismo de compensação.

Reflexo cutâneo-visceral ou Reflexo pelo Dermátomo

Alguns pontos no tronco possuem reflexo direto nas vísceras. No desenvolvimento embrionário humano, os segmentos neurológicos que deram origem aos neurônios viscerais também enervaram músculos e segmentos de pele. Como o estômago, os músculos retoabdominal e diafragma e a região de pele chamada de boca do estômago. Ou os rins, o músculo quadrado lombar e a região de pele na lateral do corpo onde fica o ponto de alerta da víscera. A Medicina Chinesa os chama de Pontos de Alerta ou Alarme. Estímulos nestes pontos promovem reações reguladoras nas vísceras reflexas. Já falei disto no texto Ponto da Gastrite.

Ampliando os efeitos

Protocolos adesivos semipermanentes como sementes, pastilha de silício, Estímulo Cristal ou apenas o esparadrapo aumentam as reações: os efeitos, em vez de serem provocados apenas uma vez por semana, período normal de se frequentar uma terapia alternativa, passam a ser eliciados várias vezes ao dia.

O uso de recursos cativantes aumenta e muito as reações conseguidas porque ampliam os estímulos:

- Conchas, bambus, cuités, sementes e cristais possuem texturas diferentes: a variedade de texturas aumenta os estímulos proprioceptivos, aumentando as reações conseguidas. Mas isto já é assunto para outro curso.

- A temperatura também varia: na mesma temperatura ambiente cristais, conchas e sementes dão sensações térmicas diferentes.

- A sensação de pressão também é sortida: a ponta ou a lateral do bambu, a ponta da semente, a ponta ou a base dos cuités, a ponta, a lateral lisa ou a enrugada das conchas e o peso das pedras promovem pressões e sensações diferenciadas.

Obs.: recursos cativantes não fazem parte do curso Recursos Pontuais, mas de outros.

Tanta novidade aumenta a satisfação do cliente, o que tem ação direta nos efeitos conseguidos.

Usos das terapias pontuais

Por causa destes e outros mecanismos, estas terapias podem e devem ser utilizadas em projetos de qualidade de vida, em programas lipomodeladores, na promoção da sensação de bem estar, no alívio de dores, quando o objetivo é a cura de doenças, enfim, em complemento a qualquer terapia.

Novidades aumentam a satisfação do cliente, o que também tem ação direta nos efeitos conseguidos. Não é à toa que não faltam recursos.

Só que agora o recurso de apertar apenas um ponto no corpo, como se reconhece no DO-IN, é muito pouco para o que podemos fazer e eliciar.

Sobre o curso Recursos Pontuais

Textos complementares: Como funciona a Acupuntura - Moxabustão - Como funciona o Shiatsu.


Texto Como encontrar o assunto do seu interesse - texto, curso, doação, passeio etc.

Site do IBTED. Sobre cursos, textos, vídeos, produtos e outras informações.

Contato: contato.ibted@gmail.com.

Para receber textos sobre terapias alternativas: curta IBTED Terapias no facebook (facebook/ibted).

Para receber textos sobre Fisiologia curta Roberto Haddad no facebook (facebook/robertohaddad.ibted).

Peça para ser amigo de Roberto Haddad no facebook (facebook/carlosroberto.serraohaddad).

 

IBTED Cursos, Produtos, Editora e Terapias

Contato: (21) 4126-5770 (TIM fixo) - (21) 99187-3020 (OI + Whatsapp) - 98250-0538 (TIM)

contato.ibted@gmail.com  -  facebook/ibted   -  facebook/robertohaddad.ibted